6 de nov de 2016

Eduarda Gaion Lopes: Eleição de Donald Trump no Purgatório

Eleição de Donald Trump no Purgatório
Extra! Sai no jornal mais famoso dos Estados Unidos, New York Times: “Habitantes festejam hoje, após morte do candidato a presidente, Donald Trump, morrem com ele seus ideais e preconceitos. ”.
Já no Purgatório, Donald está de frente a duas portas, uma para o Inferno e outra para o Paraíso, e revê seu querido amigo Lúcifer:
Lúcifer – Olha veja só quem retorna à humilde casa!!
Trump – E o nosso acordo, o que aconteceu?
L – Ele se acabou no momento em que você não resolveu matar os mexicanos.
T – Mas eu não poderia fazer isso, pois seria expulso das eleições se descobrissem, mesmo eu querendo não me misturar mais com aquela raça impura. Você me prometeu que traria sucesso e dinheiro em minha campanha.
L – Eu sou o Diabo, e há nada acima de mim, nem a lei e o acordo.
O Anjo, ao lado, aflito, não consegue se segurar e começa a falar:
Anjo – Devo estar surdo, não posso estar ouvindo tremenda idiotice de um ser como você, Diabo. É claro que Donald já estaria condenado apenas por querer fazer aquela barreira. Hum, onde já se viu pessoas serem julgadas por seus costumes e etnias, ninguém é melhor que ninguém, pois Deus fez todos nós iguais, para que não avesse conflitos.
T – Parem de discussão! Agora eu poderia argumentar a meu favor neste julgamento, sim ou não?
L – Manda brasa.
A – Pode falar.
T – Veja bem, quando o México manda gente para os EUA, eles não estão mandando os melhores, eles estão mandando pessoas que têm muitos problemas e estão trazendo esses problemas para nós. Eles estão trazendo drogas, estão trazendo crime, estão trazendo estupradores. E é claro que tudo isso teria que sair do próprio bolso do México.
A – Mas você precisa olhar o outro lado da história também, lá no México, eles não têm tantas oportunidades de emprego, como tem nos EUA. E também, são eles que fazem os serviços pesados que a maioria dos americanos, não fazem.
De repente, aparece um clarão, quem poderia ser? Sim, era ele o Todo Poderoso, Jesus!
Jesus – Posso saber que bate papo é esse?
A – Oh, Vossa Excelência! Estamos julgando este perverso homem.
L- Como assim, perverso homem?! Isto aqui é um colírio para meus olhos.
T – Não sei se vocês perceberam, mas eu estou aqui.
J – Vamos parar com toda essa discussão. Eu já sei muito bem quem é este homem, e eu vou ter a maior honra de mandá-lo para o inferno!!!
L – Ah não, não acredito, que saco, esse estorvo sobrou para mim.
J – Chega, este será o Juízo Final.
L – Deve ter sido por isso que eu morri esfaqueado por um homem desconhecido na rua.
Assim Donald é encaminhado para o inferno por um demônio. O Anjo se aproxima de Jesus, com honra e diz:
A – Tenho certeza que tem mão do senhor nessa morte toda, hein?

J – Se tiver, você nunca saberá HAHAHAHA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário